quinta-feira, 19 de março de 2009

Sou um Deckbuilder queimado de Mana na Fórmula 1

Bem vindos a mais uma quinta-feira. Muitos assuntos hoje, mas vamos começar com:

MANA BURN!!!!


Surgiu em um fórum de discussões o boato sobre a eliminação da regras sobre “queimadura de mana” no Magic.
Mas as perguntas “Você sabe o que é isso?” e “isso realmente importa para mim?” são as frases menos pronunciadas no fórum. Bem, muita gente deve pode se rperguntar, mas, que bendita porcaria é essa a Queimadura de mana. A seguir a regra “coprimida e feita para iniciantes entenderem e depois a regra como está no Compreensive Rules (traduzido por mim):

Assim como dinheiro na sua carteira, o mana deixado na sua reserva de mana fará “um furo no seu bolso”. No fi nal de cada fase
do turno, você perde 1 ponto de vida para cada mana não usado na sua reserva de mana, e o mana desaparece. Isto é chamado
de queimadura de mana .

300.3. Quando uma fase termina (mas não uma etapa), qualquer mana não usada ainda na reserva de mana daquele jogador é perdida. Aquele jogador perde um ponto de vida para cada mana perdida dessa maneira. Isso é chamado de queimadura de mana. Queimadura de mana é uma perda de vida, mas não é considerado dano, portanto não pode ser prevenida ou alterada por efeitos que afetem dano. Essa ação do jogo não utiliza a pilha. (Veja a regra 406, “Habilidades de Mana”.)


Como você podem ver isso é realmente uma regra de Magic. Mas, do ponto de vista competitivo é uma regra praticamente inútil. Em alguns poucos e isolados casos a queimadura de mana é relevante, e muitas vezes ela é um empecilho para juízes e jogadores durante os torneios.

Alguns dos exemplos mais contumazes são:

Jogador A controla um Porto de Rishada e uma criatura 1/1 e tem 2 pontos de vida. Jogador B tem zero cards na mão e apenas uma montanha em jogo e 1 ponto de vida.
Jogador A usa a habilidade do Porto para virar o terreno do jogador B durante a fase de manutenção deste, o jogador B, para não morrer no próximo turno com certeza, puxa para sua reserva de mana uma mana vermelha, e como a mana “flutua” na reserva até o final da fase inicial, ele pode comprar um Choque e usando a mana ali causar os dois pontos de dano finais em seu oponente. Mas, caso ele não compre um Choque ou mágica instantânea de custo uma vermelha ele eventualmente terá de deixar aquela ma a estourar e com isso perder um ponto de vida e no final das contas perder o jogo.

Outro exemplo:

Jogador A esta em sua fase principal e joga a mágica Canção Fervilhante, quando ela resolve ele usa uma mana vermelha e jogo Rito da Chama, agora ele tem 6 manas vermelhas ai ele usa outra mana vermelha e joga um outro Rito da Chama que adicionara à sua reserva de mana mais três manas vermelhas que permitira que ele jogo com as 9 manas vermelhas uma Tempestade de Dragões. Mas o jogador B joga um Canto de Orim, que impede o jogador alvo de jogar mágicas. O canto resolvendo o Jogador A ficara com 9 manas na reserva e não poderá gasta-las normalmente o que causara no final da fase com o jogador A perca nove pontos de vida.

Bem, são dois exemplos válidos. Mas que são tão específicos e tão raros de ocorrer que caso a Queimadura de Mana seja realmente removida da regra, o que na grande maioria dos casos pode ocorrer? Nada.
Não muda muita coisa. No primeiro caso, o jogador A vai ganhar se o jogador não comprar o Choque da mesma maneira, pois a criatura que ele tem vai atacar e diminuir a vida o Jodador B a zero, terminando o jogo, apenas um turno mais tarde.
No segundo caso, o jogador A já perdeu todas as mágicas que o ajudariam a realizar a mágica Tempestade de Dragões, que custa 9 manas. Por isso, o jogador B não ter muito esforço para finalizar seu oponente, já que o jogador A conta com a explosão de muitas mágicas que geram mana para sair na frente.

A discussão sobre a “possível” mudança dessa regra é valida, saudável e até muito interessante. Mas os argumentos que eu notei sobre a mudança, pura e simplesmente são idiotas. Não gosto de usar palavras assim, mas tenho que concordar com o Stalker do Fact or Fiction, tem horas que os jogadores se comportam como verdadeiros IDIOTAS.
Toda vez que o Magic muda normalmente é para trazer novos jogadores a cena dos camponatos. É para facilitar o acesso de novas pessoas.
E com essa mudança, a Wizards não está mudando a ordem do turno. Não está removendo um tipo de card do jogo. Alteração de pontos de vida, cards na mão, numero de terrenos em jogo e a adição de outros tipos de cards ao universo do Magic, são mudanças até mesmo bem vindas, se feitas, logicamente com cautela, calma e muito estudo.
Eu não acredito que uma empresa altere tanto o seu produto assim, a ponto de descaracterizá-lo para quem já o pratica. Mas, como venho escrevendo já algum tempo, essas mudanças precisam ocorrer, devido principalmente a competição com outros hobbies, esporte e jogos. Nem sempre a mudança será correta, ou boa, pois afinal de contas todos somos serem humanos, e erramos.
Mas assim como ocorreu com:

- A remoção dos termos Mono Artafato e Poli Artefatos em Alpha, Beta e Unlimited.
- A Borda dos cards de Alpha para Beta.
- A regra sobre Apostas após Era Glacial
- A numeração e a cor dos símbolos em Êxodo
- As Foils em Legado de Urza
- A regra da pilha e de combate em Sexta edição
- Os cards dourados em Legends.
- A regra de Lendas em Campeões de Kamigawa
- O layout dos cards em Mirrodim/Oitava Edição
- Os Planinautas em Lorwyn
- Os cards Míticos em Fragmentos de Alara



A possível remoção da queimadura de mana, a meu ver só vem para ajudar a diminuir o numero de regras a serem ensinadas aos novos jogadores.
Existiu até uma comparação do Magic ao Yu-Gi-Oh! Que lança as criaturas no jogo sem custos, que também a meu ver foi idiota.
O que me chateia/preocupa é que como muitos outros fórum esse é uma dos grandes canais de comunicação da comunidade de Magic no Brasil. E quando alguém novo, encontra um comentário idiota como “ A wizards quer acabar com o Magic” vindo da “boca” de um de seus participantes, é como se um ministro do governo, viesse a publico e dissesse, o presidente lula é louco e quer acabar com o pais. Bem, pode ser que isso até seja verdade, mas dizer isso assim sem pensar nas ramificações é irresponsabilidade. Expressar sua opinião, como outros fizeram, é, novamente, lógico, saudável e interessante. Discutir e não simplesmente atacar.
Pois usando argumentos lógicos e sensatos, seria fácil perceber que essa regra em particular é praticamente inútil.
Em muitos grupos de jogos particulares, os jogadores de Magic casual, até mesmo abominam essa regra pois para ele é algo simplesmente inútil. E nos eventos competitivos isso praticamente não ocorre, devido ao fato de que os cards necessários mencionados acima, praticamente não jogam juntos em eventos, os jogadores pensam muito antes de fazer uma jogada, já calculando todas as possibilidades. Usando os mesmos exemplos, sendo os jogadores B dos dois exemplos a situação que eles se encontram é de “desespero” ou eles fazem ou morrem. Ou eles arriscam ou perderão com certeza simplesmente pela posição do jogo em favor dos oponentes.
Mas se pensarmos bem, isso afetara poucos cards, poucas combinações, e os benefícios que trará são imensos. Quantos de vocês já não tentaram explicar as regras de Magic para alguém e simplesmente se perderam por que o numero de regras é grande de mais? Ou ter que explicar conceitos (que para nós são bem simples) mas que para os outros são abstratos de mais?
A simplicidade é essencial para que o maior numero de pessoas possam compreender o Magic e joga-lo. Estamos numa fase muito ruim para tudo, crises e desemprego. E a Wizards/Hasbro deve estar fazendo de tudo o possível para não errar. Ele está correta? Até agora, as mudanças realizadas foram boas, se não perfeitas, ao menos não arruinaram o jogo, como vários Profetas do Holocausto fazem questão se salientar, toda a vez que alguma mudança ocorre, algum card é banido ou desbanido, algum evento é lançado ou cortado do calendário, quando chove, quando faz sol, quando alguém espirra ou é feriado. Tudo vira razão para reclamar,ou como dizem alguns jogadores em uma “gíria” de Magic, só fazem Mimimimimimimi. Um reclamar sem sentido algum ou razão propriamente dita.
Eu fico imaginando o que seria do ouvido de todos nos se na época da Sexta Edição, já existissem os fórum que hoje existem, ou as comunidades e canais on-line disponíveis. Deus, como seria chato ficar ouvindo o mimimim incessante dos reclamões.

Eu acredito que qualquer alteração na regra que vise facilitar o acesso ao jogo, é MUITO bem vinda. E que melhor oportunidade de dar um tunada na regras que M10? Ela já, já estará disponível e ai? Quem reclamou hoje via parar de jogar ou aplaudir se a medida der certo? Vamos fazer nossas apostas?

Fórmula 1

Só para entrar no mesmo quesito de mudança de regras, a organização da Formúla 1, a FIA, alterou o formato para determinar o campeão do campeonato mundial. Agora, o corredor que tiver mais vitórias, e não pontos, será considerado o vencedor. Ou seja, em sei lá, 14 provas, quem tiver 4 provas e as outras 10 foram 3 de um, duas de outro e assim por diante, será o vencedor. Ou seja, ele deve ganhar o maior numero de eventos, não importando sua regularidade.
Sinceramente, eu como espectador, estou até interessado em voltar a ver as corridas, para ver que bicho vai dar.
Estão vendo? Essa celeuma toda, funciona. Pode ser que ao final da temporada, eles voltem atrás, pois ela ficou chata por que um sujeito já ganhou mais da metade das provas e já é o vencedor antecipado. Mas quem sabe isso não instiga a pequenas escuderias a buscar vencer uma única prova? A jogar todos os trunfos ali e com isso desbancar alguém?
Isso talvez seja um coisa boa, talvez seja uma coisa ruim.

Mas tenho um desafio que está ali na enquete dessa semana:

“O que você acha de determinar o melhor jogador do mundo usando o mesmo sistema utilizidado pela Formula 1? Quem “ganhar” mais Gran Prix e ProTours fosse declarado Player of The Year?”

Concurso Eu sou um Deckbuilder

Olá galera, bem, a Magic Domain tem o orgulho de anunciar que juntamente com outros cinco blogs amigos lançou oficialmente o concurso "Sou um deckbuilder". Para aqueles que estão começando no magic e buscam informações sobre Magic, os blogs funcionam como mini conselheiros.

Um deckbuilder é um termo que define alguem que dentro do magic cria e desenvolve baralhos competitivos. Esses baralhos normalmente são criações ousadas e que dentro do ambiente de campeonatos oficiais e competitivos tem bons resultados.

E para fomentar em cada jogador aquela centelha de criador, que mexe com tanta gente o blog Descomplicando o Magic, criou o concurso e com o patrocinio da Magic Domain, premiara o vencedor do concurso uma deckbox ION (clique aqui).

Para participar do concurso acesse o link abaixo, leia atentamente as regras e envie sua lista perfeita para o e-mail: CAUE.HATTORI@GMAIL.COM


Link para as regras!!!


Blogs parceiros do concurso:


Braingeyser (ou Descomplicando o Magic)

FactorFiction-br

Breedingpool

Mastigando na Quinta-Feira

Magic Teresina


Agradecemos o interese da comunidade de magic nacional pelo Concurso e a Magic Domain acredita na capacidade dos brasileiros para a criação e a produção de material nacional de qualidade.
Atualmente existe, e com razão, uma grande onda de jogadores que buscam em sites de informações os melhores decks do momento para jogar. Isso é importante sim, para os melhores resultados, mas não podemos deixar que isso engesse a criação de decks, vamos mudar esse cenário!!!! :-)

Fox

11 comentários:

Whiplash disse...

Fox, legal o post!! =D

Quanto ao mana burn tem uma outra situação interessante pra essa regra que parece que vc não lembrou (obviamente fora do T2): eu tenho um deck que já ganhou jogo aparentemente perdido fazendo mana burn proposital + Mirror Universe!! =D Mas de fato, é uma regra que acontece mto raramente...

Parabéns pelo blog!

Luiz Mussa disse...

Bem, Fox. Eu não me considero um anunciador do apocalipse e encaro o sumiço do Mana Burn como uma coisa muito boa mesmo. Mas nem tudo que a Wizards faz vem para o bem. Pelo menos ao meu ver, Mythic Rare foi uma criação besta que só fez aumentar o valor de determinadas cartas. E isso independentemente de eu ser competidor, casual player ou colecionador. Se vende mais booster por causa disso ou se angariou mais fãs para o jogo, eu não sei, você é uma pessoa melhor para me dizer isso. Então a pergunta, nesse caso é: A Magic Domain/vendedores de Magic em geral vendeu(eram) mais cartas por elas serem Mythic Rare ou teriam vendido o mesmo (ou talvez mais) se elas estivessem simplesmente em slots de Rare?

De resto, as mudanças na maioria das vezes foram para o bem. Layout novo não machucou ninguém, stack é simplesmente essencial e até os planinautas não foram uma porcaria como eu inicialmente achei que seriam.

Ótimo post como sempre.

Luiz Mussa disse...

By the way, eu exijo royalties por ter popularizado a expressão Mimimi. Pergunte ao MBC.

André Dembitzky disse...

Vou fazer a pequisa a fundo para descobrir o origem etmiologica da expresão "mimimi". hehee

Quando a venda das miticas.. bem, é só mesmo para separar os cards "SUPER HIPER LEGAIS" do resto das raras. A venda é a mesma, a existencia é a mesma, e ha quem nem note isso. Da na mesma, mas se você pensar até é legal! rara MITICA!!!!
Agradeço os elogios, estou sempre trabalhando para trazer novos e interessantes assuntos a todos.
Fox

Mauro "Hipnoxx" Saab disse...

LSV pra PotY... NOW!

Anônimo disse...

Tomar queimadura de mana é uma coisa que realmente não acontece com bastante frequencia como vc mesmo disse, mas isso acontecia porque ela era uma regra que "evitava" certas jogadas.

Com essa nova regra acredito que deve mudar bastante a forma de se jogar em certas situações.

Um exemplo bem comum no T2 é o oponente descer uma Mistbind Clique em sua manutenção, com essa nova regra não existe motivo para não gerar as manas em resposta tentando arriscar um topdeck em sua draw.

No caso do Wake Thrasher, poder gerar as manas no final do turno do oponete só para deixar ele maior em seu turno.

Um outro exemplo é bloquear com uma mutavault e gerar mana com ela "só pq ela vai morrer no combate" podendo blefar alguma jogada.

Ou mesmo tomar uma remoção de terreno e gerar em resposta, só pq o terreno foi destruído.

Os exemplos são vários, mas o meu ponto é... Não acho que seja uma mudança sem muito significado como muitos estão dizendo, acho que é uma mudança que vai fazer muita diferença sim.

Mas isso é apenas mais uma mudança de regra que deve ser adaptada, assim como o caso da regra das lendas que fez uma ENORME diferença no jogo quando teve sua regra mudada, mas que todos tiveram que se adaptar.

Concordo completamente com a parte de que quem fica falando que por causa disso ou aquilo o magic vai acabar é um completo IDIOTA.

André Dembitzky disse...

O Magic vai acabar no momento que ele se tornar algo que não é magic.
Acho que a unica coisa realmente que não poderia mudar seria alguma regra relacionada aos terrenos, geração de mana.
Isso sim descaracteriza o jogo completamente.
O proprio Word of Warcraft é um jogo de magic sem terreno/mana. Não zica land.Pode ser legal, mas... não é magic.

Carlos Alexandre"Batutinha" disse...

Caraca que blog feio cara poxa se esforça mais ,ou vai ajuda o fact or fiction ,vc ganha mais rsrsahahaaha abraços for all

Até +
e obs: mt bom vc por uma foto de um monge que se matou para provar seus ideiais ahhahaa vc é um idiota mesmo!

André Dembitzky disse...

Blz, eu podia até apagar seu comentario, mas vou deixar assim mesmo, pois acredito que seja bom que todos possam ver como você tem um opinião formada sobre as coisas! :-)
Não abri esse blog para ele ser bonito, apenas para escrever.
Basicamente eu ajudo o Fact, já que sou eu que pago uma ajuda de custo para eles atenderem vc!!!

Obrigado pelo comentário, continue assim!

Ricardo "Thorgrim" Mattana disse...

Fox! Não foi o Batutinha que escreveu esse comentário não.

Alguém roubou o account dele do google está escrevendo essas msgs em todos os blogs de Magic do br.

O Batutinha pediu para eu me desculpar com você e avisar o mal entendido.

André Dembitzky disse...

OK, peça desculpas a ele por mim então. Pois fiquei muito chateado com o comentário escrito!
Achei estranho o post, mas cada um é cada um e todos temos opinioes diversas e devem ser respeitadas.

Agradeço o contato!

Fox